Home » Notícias » A gordura do milênio

A gordura do milênio

O Omega-3 é um ácido graxo poli insaturado de cadeia longa, um nutriente essencial, não produzido pelo corpo e, portanto, deve ser inserido na alimentação. É encontrado em peixes de água fria (salmão, cavalinha, sardinha, arenque e atum), que vivem em grandes profundidades e, em concentrações menores, em semente de linhaça e óleo de canola e soja, que apesar de menores quantidades, são significativas para o corpo.

O Omega-3 tem ação direta em estruturas cerebrais, características anti-inflamatórias e auxílio na redução dos sintomas de ansiedade e depressão. Pessoas ansiosas e depressivas tendem a aumentar processos inflamatórios e, consequentemente, a dor, o consumo de ômega-3 pode auxiliar muito nestes sintomas.

O ômega-3 é amplamente estudado e os efeitos comprovados estão associados, principalmente a redução de doenças cardiovasculares, desempenham importante função no desenvolvimento e funcionamento da retina (ligado a uma proteína que participa diretamente na absorção de luz) e aumenta o desempenho cerebral (concentração e memória), tais fatos se justificam pela gordura que recobre o cérebro, o ômega-3 faz ligação com ela.

Uma dieta variada e equilibrada, com a inserção de peixes e alimentos integrais com semente de linhaça, aumentará a ingestão do ômega-3, beneficiando o corpo com os compostos presentes neste nutriente e reduzindo problemas relacionados ao cérebro (alzheimer, parkinson, dificuldade de concentração) e doenças cardiovasculares.

Henrique Tiago Neto
Nutricionista Personal Nutrition

Fonte:

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-60832010000500007&script=sci_arttext

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=s1415-52732006000600011&script=sci_arttext

http://www.ufrgs.br/lacvet/restrito/pdf/ag_omega.pdf

http://energiaprolongada.com.br/site/artigos/2.pdf 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-00132013000100012

About nutrimeu

Check Also

Foto: emagreceragoramesmo/reprodução

O que comer antes, durante e depois do treino?

Foto: janainagoston / reprodução Na maioria das vezes, a resposta é: não importa! O nosso …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *