Home » Notícias » As falácias dos aplicativos de celular

As falácias dos aplicativos de celular

smartphone-1283938_1280Nestes dias, conversando com uma paciente que queria emagrecer, perguntei-a se seguia algum tipo de dieta. Esta já havia tentado de tudo, e a aposta do momento era um aplicativo de celular que contava suas calorias.

Ela: “Pelo aplicativo eu posso comer de tudo e isso é bom. Tem vezes que no final da tarde eu já consumi todas as calorias do dia e aí eu tomo um refrigerante diet.”

A informação destes aplicativos é na maioria das vezes, sensacionalista e simplificada aonde a mensagem não é tão precisa: em relação aos alimentos, consideram somente as calorias, não levando em conta a qualidade destes, como as fibras, as vitaminas, minerais e o fracionamento dos alimentos no dia.

Ainda, não avaliam por completo o nosso estado nutricional (não consideram doenças, exames bioquímicos, saúde gastrointestinal, entre outros), os pensamentos e o contexto emocional e social no momento da refeição que são tão ou mais importantes que apenas contar calorias.

Ficar um longo tempo em jejum apenas tomando uma bebida sem calorias pode fazer com que seu corpo libere cortisol, o hormônio do estresse, que aumentará a deposição de gordura em seu corpo, favorecendo o ganho de peso.

O suco natural além de conter energia para que o seu corpo consiga funcionar, contém fibras, vitaminas, minerais e compostos bioativos que podem auxiliar no funcionamento intestinal, na imunidade, na prevenção de doenças cardiovasculares e câncer, na aprendizagem, memória e cognição, no retardo do envelhecimento celular e a manter a detoxificação natural de seu corpo, auxiliando no emagrecimento.

Já o refrigerante diet não acrescenta em NADA para a sua saúde (aliás, acrescenta adoçante, conservante e acidulante para o seu corpo).

“E aí, ainda acha que a 0 Kcal da coca cola diet é melhor que 200 Kcal do suco natural?”

 

Patrícia Ito
Nutricionista – CRN-3 43825
patricia.itou@gmail.com

Referências Bibliográficas

Referências Bibliográficas

COUTRE, J. L., SCHMITT, J. A. J. Food ingredients and cognitive performance. Current Opinion in Clinical Nutrition and Metabolic Care, v.11, n. 6, p. 706-10, nov. 2008.

DERAM, S. O peso das dietas. São Paulo: Editora Sensus, 2014. 320 p. KALM, L. M., SEMBA, R. D. They Starved So That Others Be Better Fed: Remembering Ancel Keys and the Minnesota Experiment . J. Nutr., v. 135, n. 6, p. 1347- 1352, jun. 2005.

OPAS. Organização Pan-Americana da Saúde. Doenças crônico degenerativas e obesidade: Estratégia mundial sobre alimentação saudável, atividade física e saúde. Brasília, OPAS. 2003.

About meunutricionista

Check Also

meunutri

O desafio encantador do Atendimento Nutricional

O atendimento nutricional é uma área da nutrição muito desafiadora, encontramos diversos empecilhos quando nos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *