Home » Notícias » Bye bye desnutrição

Bye bye desnutrição

A FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura) divulgou neste último dia 16/09 que o Brasil é um dos 25 países que reduziram pela metade a desnutrição, isso é uma grande vitória, visto que sempre estávamos no ranking de desnutrição do mundo.

O grande responsável por essa erradicação é o Programa Fome Zero, o Portal Meu Nutricionista se isenta de qualquer tomada de partido político, estamos aqui para informar a população. Este programa criado em 2003 foi capaz de promover a segurança alimentar e a chegada de alimentos a uma parcela importante da população. Países como o Caribe se inspiraram em nosso programa. Certamente   apenas o aumento de alimentos não garante que este chegue onde é necessário, a África do Sul é um dos países que mais produz alimentos e não consegue combater  desnutrição de modo eficiente.

Em 1990 – 92, 14,8% da população não ingeria o suficiente para suprir as necessidades. Atualmente 1,7% (queda de mais de 10x) apresentam dificuldades para receber suficiente aporte calórico. Junto com Cuba, Venezuela e Tailândia, o Brasil está entre os 10 países que tiveram melhor desempenho na redução de famintos, ou seja, conseguimos, com ações direcionadas, reduzir um problema que assombrava a anos nosso país.

Segundo o Conselho Federal de Nutricionistas, “O documento, que é publicado anualmente pela FAO, o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e o Programa Mundial de Alimentos (PMA), considerou dados sobre a fome em 136 países e territórios monitorados pelas organizações. A agência das Nações Unidas pontua que a redução da desnutrição no mundo depende de comprometimento político, expressado através de programas e políticas públicas adequados.”

 

Nutricionista Responsável

Portal Meu Nutricionista

 

About nutrimeu

Check Also

crossfit-534615_640

Aplicação da creatina em exercícios de alta intensidade

É extremamente comum os praticantes de exercício físico buscarem por substancias/suplementos alimentares que prometem melhorar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *