Home » Notícias » No Esporte » Energia durante o treino de força!!

Energia durante o treino de força!!

O nutriente carboidrato é o grande responsável por fornecer energia ao nosso organismo. Quando praticamos algum tipo de atividade física, este nutriente é armazenado em nosso organismo na forma de glicogênio muscular e hepático, evitando possíveis sintomas de fadiga muscular e melhora da recuperação pós treino. As fontes preferenciais de carboidratos são: frutas, mel, aveia, pão, arroz, massas e cereais, lembrando que a maior quantidade deve ser consumida na forma integral.

Durante o treinamento de força em academias é muito comum o estado de hipoglicemia entre os praticantes, já que, em geral, a alimentação é deficiente e todos os estoques de glicogênio são utilizados no decorrer do exercício, ocasionando diminuição da performance e do resultado desejado.

É necessário entender que há diferença na necessidade de carboidratos de praticantes e atletas. Neste artigo vamos abordar o caso dos praticantes, que desejam melhora estética e evolução em seu treino rotineiro.

É um erro grave acreditar que somente o aumento do consumo de alimentos garante aumento de massa muscular, mais do que aumentar as quantidades, o treino de hipertrofia precisa de uma dieta equilibrada e variada sendo assim, a dieta será responsável por 60 a 70% dos resultados.

Sabemos que o consumo de carboidratos é responsável por fornecer a energia, então devemos evitar que, durante o treino, os estoques de glicogênio sejam esgotados, caso isso ocorra, perderemos toda a força, seremos levados a fadiga muscular mais rapidamente, desidratação, fraqueza, náuseas, vômitos, entre outros sintomas.

Você pode se perguntar “se o objetivo é ganho de massa muscular, devo evitar a degradação muscular, devo me alimentar bem e não fazer exclusão de fontes de carboidratos?”. A resposta é SIM, mas, além disso, podemos usar um aporte de carboidrato durante o treino, garantido aumento da força muscular, menor risco de fadiga muscular e seu objetivo alcançado com maior qualidade.

Na literatura há diversas opções de aporte de carboidrato, como bebidas esportivas, maltodextrina, dextroses ou ainda, em forma de gel, e esse é um investimento de baixo custo.

O ideal é o consumo da bebida esportiva após a primeira hora do exercício intenso e em média de 600/1000 ml por hora. No caso da maltodextrina ou a dextrose em pó, deve ser usado 30g do pó diluído em 500 ml de água, consumido durante o exercício de força e de alta intensidade.

Ressaltamos que todas as indicações devem ter orientação nutricional, fizemos uma busca na literatura para que você, leitor e/ou profissional possa se basear. Disponibilizamos literaturas para maior aprendizado sobre o uso de carboidratos durante o treinamento de força. O Portal Meu Nutricionista está sempre a sua disposição!

 Nutricionista Responsável
Portal Meu Nutricionista.

 Fontes:

Fayd, A. P. T. et al. Efeitos da ingestão prévia de carboidrato de alto índice glicêmico sobre a resposta glicêmica e desempenho durante um treino de força. Rev Bras Med Esporte _ Vol. 13, Nº 6 – Nov/Dez, 2007

Aoki, M. S. et al. Suplementação de carboidrato não reverte o efeito deletério do exercício de endurance sobre o subseqüente desempenho de força. Rev Bras Med Esporte _ Vol. 9, Nº 5 – Set/Out, 2003

Silva, A. L. et al. A influência dos carboidratos antes, durante e após treinos de alta intensidade. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo v. 2, n. 10, p. 211-224, Julho/Agosto, 2008. ISSN 1981-9927.

Rombaldi, A. J. et al. Efeitos da suplementação carboidratada e de diferentes tipos de treinamento físico sobre as concentrações de células sanguíneas. Rev Bras Med Esporte – Vol. 19, No 3 – Mai/Jun, 2013

 

About nutrimeu

Check Also

crossfit-534615_640

Aplicação da creatina em exercícios de alta intensidade

É extremamente comum os praticantes de exercício físico buscarem por substancias/suplementos alimentares que prometem melhorar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *