Home » Notícias » Esteatose Hepática x Alimentação

Esteatose Hepática x Alimentação

Foto: humanasacademia (reprodução)
Foto: humanasacademia (reprodução)

A esteatose hepática é uma patologia caracterizada pelo acúmulo de gordura no fígado.

Nosso fígado possui normalmente cerca de 10% do seu peso de gordura, e quando excede esse valor, estamos diante de um fígado que está acumulando gordura.

Quanto maior e mais prolongado for o acúmulo de gordura no fígado, maiores são os riscos de lesão hepática. As células hepáticas podem sofrer danos, ficando inflamadas. Este quadro é chamado de esteato-hepatite ou hepatite gordurosa. A esteato-hepatite é bem mais preocupante que a esteatose, já que cerca de 20% dos pacientes evoluem para cirrose hepática.

Etiologia: pode ser causada geralmente por consumo excessivo de bebidas alcoólicas, porém possui outros fatores de risco:

  • Obesidade (mais de 70% dos pacientes com esteatose são obesos);
  • Dislipidemias (aumento do colesterol e triglicerídeos);
  • Diabetes e Resistência Insulínica estão intimamente ligados ao aumento da gordura no fígado;
  • Consumo excessivo de doces, carboidratos simples (pães, bolos, massas, arroz branco e tortas);
  • Ingestão excessiva de fast foods (pizza, hambúrguer, crepe) e frituras;
  • Consumo desordenado de refrigerantes e sucos de caixinha. Até mesmo o suco da fruta em excesso, pode causar esteatose pelo alto índice de frutose (açúcar da fruta) e baixo teor de fibras no suco.


dishes-938747_640O que comer?

  • Inclua no seu cardápio folhas verdes escuras, brócolis, couve-flor que ajudam a desintoxicar o fígado;
  • Consumo de verduras e legumes diariamente;
  • Não exagere na quantidade de frutas, não ultrapasse 5 porções por dia, opte por frutas com casca ou bagaço;
  • Consumo moderado de carboidratos e opte por integrais (pães integrais, arroz e macarrão integrais)
  • Fibras devem estar presentes diariamente; utilize aveia, chia, linhaça, quinoa, fibra da casca do maracujá.
  • Opte por preparações cozidas, assadas e grelhadas.
  • Inclua boas gorduras presentes no azeite de oliva extra virgem, abacate, castanhas, amêndoas.

“E para um cardápio individualizado consulte um profissional Nutricionista”

 

Talita Martins de Ávila
Nutricionista CRN1 5072
Nutrir Quality – Consultoria Nutricional

 

 

About meunutricionista

Check Also

Foto: emagreceragoramesmo/reprodução

O que comer antes, durante e depois do treino?

Foto: janainagoston / reprodução Na maioria das vezes, a resposta é: não importa! O nosso …