Home » Notícias » Licopeno você o conhece?

Licopeno você o conhece?

O licopeno é um dos principais pigmentos da família dos carotenóides, de cor vermelho-alaranjado, presente nas frutas e verduras. Apesar de ele não exercer a função de vitamina A é convertido em nosso organismo a tal vitamina e tem participação direta na proteção das células contra os radicais livres (moléculas desalinhadas), sendo considerado um importante antioxidante.

Uma alimentação rica em licopeno leva a redução dos riscos do aparecimento de câncer de próstata, esôfago, gástrico, pulmão, e benefícios para câncer de pâncreas, cólon, reto, cavidade oral, seio, cervical além de efeito protetor contra danos ao DNA, melhorando a saúde ao longo da vida e evitando que essas patologias (doenças) apareçam com o passar dos anos.

Vários fatores podem influenciar na absorção do licopeno, podemos citar a quantidade de fibra, o tipo e quantidade de gordura, o estado nutricional do individuo e fatores genéticos.  A absorção acontece após o consumo do licopeno que irá se misturar às micelas dos lipídios (gordura) da dieta e será absorvido na mucosa intestinal através de difusão passiva (sem gasto de energia), onde se incorporam aos quilomicrons (lipoproteína), passando pelo sistema linfático, fígado e através das lipoproteínas de transporte onde serão transportados através do plasma para vários órgãos, ficou confuso na sua cabecinha vamos à parte prática: o licopeno é absorvido junto com as gorduras, ou seja, ter uma refeição rica em licopeno e baixa em gordura não exerce a função desejada.

Alimentos fontes: o tomate e seus derivados são as melhores fontes dietéticas, boas fontes desse elemento também são encontradas no mamão, na goiaba vermelha, na pitanga e na melancia. Cerca de 85% do licopeno consumido vem do tomate ou de seus derivados, podendo ainda ter a concentração aumentada com o calor, através da fervura na hora da preparação de molhos, salada morna de tomate, creme de tomate e sopa de tomate.

Ainda não se tem uma quantidade padronizada, porém incluindo os alimentos com quantidades significativas em especial o tomate e seus derivados podemos chegar aos benefícios provenientes do licopeno.

 

 

Henrique Tiago Neto
Nutricionista – Personal Nutrition

Fonte:

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732006000200013

About nutrimeu

Check Also

Foto: emagreceragoramesmo/reprodução

O que comer antes, durante e depois do treino?

Foto: janainagoston / reprodução Na maioria das vezes, a resposta é: não importa! O nosso …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *