Home » Notícias » Mexa-se, você não é uma árvore

Mexa-se, você não é uma árvore

giphyAntigamente, o estilo de vida do homem das cavernas era muito mais ativo que o nosso: ele era nômade- tinha que mudar de lugar a todo o momento para encontrar os alimentos.

Muitas vezes ele corria para caçar e, às vezes, porque era a própria caça!
Hoje, o homem não precisa correr para caçar, nem plantar o que vai comer. A comida é de fácil acesso a todos, dando até a oportunidade de escolher do que queremos nos alimentar.

Não precisamos nem mais ligar e gastar energia com os músculos da boca para pedir um fast food- com apenas alguns toques no celular podemos ter em minutos a comida em nossas mãos. Elevadores, escadas rolantes, esteiras rolantes, enfim…Todos estes fatores e muitos outros fazem com que a nossa geração viva num ambiente obesogênico, que facilita o surgimento da obesidade.

Vamos, juntos, desconstruir este ambiente adotando a prática de exercícios físicos? A boa notícia: os tipos de exercícios físicos são tão variados quanto a comida, e é muito possível você encontrar aqueles que realmente lhe deem prazer!

Outra boa notícia é que você não precisa ir na academia para se tornar fisicamente ativo, você pode exercitar-se ao ar livre, no parque, na sua própria casa e ainda adotar hábitos como usar as escadas ao invés do elevador, ir a pé ou de bicicleta até os seus compromissos, sair do ônibus alguns pontos antes do destino entre muitos outros artifícios.

Vamos!

Coloque a sua criatividade “em atividade” e desfrute de todos os benefícios físicos e mentais que a atividade física pode te proporcionar

Patrícia Ito
Nutricionista – CRN-3 43825
patricia.itou@gmail.com
Facebook: Nutrindo Mentes

About meunutricionista

Check Also

InShot_20171203_111326252

Dieta cetogênica – existe algum benefício?

É contraproducente pensar em boa performance com restrição de carboidrato, no entanto, a restrição pontual …