Home » Notícias » Na Infância » Obesidade Infantil: um problema nosso

Obesidade Infantil: um problema nosso

Foto: cfn / reprodução
Foto: cfn / reprodução

Adolescentes que vivem em bairros desfavorecidos enfrentam um maior risco de obesidade e reduzida capacidade cognitiva, indica uma nova pesquisa. Além disso, meninas adolescentes, em ambientes mais desfavorecidos, são mais propensas do que os meninos a se tornarem obesas indica a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica

Uma pesquisa nos EUA indica que em bairros mais pobres as crianças não tem acesso a parques infantis, e bibliotecas o que impede o acesso a informação. Nesse estudo os meninos são 45% mais propensos a obesidade e as meninas 33%, ou seja, quase metade das crianças e adolescentes que residem em bairros menos favorecidos são ou serão obesas.

Algumas ações como reforma desses locais com a inclusão de parques, praças com brinquedos tornariam as crianças mais ativas, evitando a televisão, o ócio e a comilança em exagero. A criança consegue gastar muita energia BRINCANDO, e essa ação deve ser incentivada pelos pais e ou responsáveis.

Mostrar a esse grupo que comer também pode ser muito divertido é uma saída muito bacana, levar eles na feira afim de que conheçam e escolham os alimentos que desejam comer, trazer eles para dentro da cozinha, fazer com que eles participem do momento de cozinhar também é uma forma saudável e eficiente.

Devemos prestar muita atenção no hábito de beber água, essa deve ser monitorada pelos responsáveis, muitas vezes as crianças “esquecem” de beber água por distração.

A rotina é fundamental para a criança então estipular horários de sono, e essencial, descansar fará que você tenha uma criança saudável e ativa.

 

Adriana Fanaro Oliveira
Nutricionista – CRN3 17166

About meunutricionista

Check Also

Foto: emagreceragoramesmo/reprodução

O que comer antes, durante e depois do treino?

Foto: janainagoston / reprodução Na maioria das vezes, a resposta é: não importa! O nosso …