Home » Notícias » No Esporte » Osteoporose x alimentação x musculação

Osteoporose x alimentação x musculação

Foto: terra (reprodução)
Foto: terra (reprodução)

É uma doença crônica multifatorial, muito relacionada ao envelhecimento. A perda óssea começa por volta dos 40 anos de idade, em homens e mulheres, porém mulheres são mais susceptíveis, pois possuem menor densidade mineral óssea.

Em mulheres, à época da menopausa, ocorre uma aceleração da perda óssea a uma taxa 2 vezes maior do que nos homens. Com o passar do tempo, as mulheres com osteoporose podem perder até 50% de sua massa óssea. (PAIVA et al).

No Brasil, a cada ano, 70 mil pessoas fraturam o colo do fêmur, sendo que pelo menos 20% morrem de complicações nos primeiros seis meses e metade nunca mais tem uma vida independente.

São fatores de risco para a osteoporose a massa óssea baixa, histórico familiar, tabagismo, uso excessivo de álcool, sedentarismo, ingestão inadequada de cálcio e menopausa precoce (antes dos 45 anos de idade). Tanto na prevenção como no tratamento a alimentação é imprescindível.

 Principais fontes:

🍴Folhosos verdes escuros: brócolis, couve, espinafre.

🍴 Peixes: salmão, sardinha, atum e frutos do mar;

🍴 Leite e derivados e ovos;

🍴 Gergelim, amêndoas;

🍴 Soja e grão de bico.

Foto: oswaldocruz (reprodução)
Foto: oswaldocruz (reprodução)

Porém para melhor absorção de cálcio é necessário a vitamina D (o sol é importante para torná-la ativa). Mesmo com a alimentação, a suplementação de cálcio + vitamina D as vezes é necessário, porém deve ser prescrito por médico e/ou nutricionista. Musculação e alimentação balanceada/equilibrada nutricionalmente são aliados na prevenção da osteoporose.

 

Talita Martins de Ávila
Nutricionista CRN1 5072
Nutrir Quality – Consultoria Nutricional

About meunutricionista

Check Also

Foto: emagreceragoramesmo/reprodução

O que comer antes, durante e depois do treino?

Foto: janainagoston / reprodução Na maioria das vezes, a resposta é: não importa! O nosso …