Home » Notícias » Na Infância » Qual a relação entre os alimentos e a fala das crianças pequenas?

Qual a relação entre os alimentos e a fala das crianças pequenas?

Você já pensou que ao escolher a alimentação adequada ao seu filho você pode estar também auxiliando todo desenvolvimento da respiração, mastigação e fala dele?

A troca das consistências alimentares prepara a percepção da criança para as diferentes texturas, sabores, temperaturas, além de propiciar força e mobilidade aos músculos, que são de extrema importância na preparação e bom desempenho da fala e das próximas fases do desenvolvimento geral da criança.

Desde que o bebê nasce, a amamentação, enquanto nutre o bebê, proporciona estímulos neurais de crescimento adequados para prevenir as alterações de mordida (relação entre as arcadas dentárias), por exemplo. A sucção no seio materno beneficia o crescimento mandibular, preparando a face para a posterior mastigação e fala.

Após esta fase, a introdução dos alimentos pastosos – papinhas salgadas e de frutas – vão preparando a musculatura para manipular alimentos mais consistentes, com textura e temperatura novas, passando mais a frente para os semi-sólidos (frutas em pedaços, legumes cozidos, pães) e então chegando aos sólidos (alimentos crus, carnes) que exigem da criança maior habilidade (força e mobilidade dos músculos).

Seguindo e respeitando essas fases você garante que seu filho tenha músculos habilidosos e capazes de realizarem uma fala articulada.

 

 Portal  Meu Nutricionista

About nutrimeu

Check Also

Foto: emagreceragoramesmo/reprodução

O que comer antes, durante e depois do treino?

Foto: janainagoston / reprodução Na maioria das vezes, a resposta é: não importa! O nosso …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *