Home » Notícias » Senado libera remédios para emagrecer.

Senado libera remédios para emagrecer.

Desde 2011 os remédios para emagrecer estavam proibidos pela Anvisa, já que uma parte da população fazia uso indiscriminadamente, sem prescrição médica.

Estes medicamentos deverão ser liberados somente para pacientes com obesidade mórbida, são eles: anfepramona, femproporex e mazidol, tem ação direta no apetite, proporcionam menor ingesta alimentar, resultando em redução de peso.

Considera-se obesidade mórbida quando a relação de peso e altura está acima dos limites ideais, o IMC é o índice para essa avaliação, é calculado da seguinte forma: IMC = P/A², quando essa relação é maior que 40 Kg/m², é considerado obesidade mórbida.

O paciente deve ser analisado por um endocrinologista, detectar a doença e fazer o acompanhamento da medicação, unido a isso, praticar exercícios físicos e ter alimentação equilibrada e variada. Não se deve acreditar que o remédio resolverá tudo e o utilizar como único método, em alguns casos é, de fato, imprescindível, mas na maioria dos casos, o peso é revertido com hábitos de vida adequados.

Durante a proibição da medicação, a Anvisa usou relatórios internacionais para a avaliação. Considerando-se prós e contras, os pontos negativos à saúde da população ultrapassavam os benefícios.

O Conselho Federal de Medicina aprova a decisão do senado, porém alerta que a fiscalização deve aumentar, evitando prejuízos à saúde dos usuários.

Imediatamente após a decisão, a Anvisa deve registrar novamente esses medicamentos, cancelados anteriormente.

Não se deve ser radical, muitos pacientes necessitam de medicações, mas é importante considerar que a maior parte pode reduzir peso com mudança de hábitos. Nós, profissionais da saúde, devemos alertar nossos pacientes dos riscos e dos benefícios do uso da medicação, nada como a opinião multiprofissional nos casos de saúde.

 

E você, o que acha? Dê sua opinião e conte sua experiência.

About nutrimeu

Check Also

crossfit-534615_640

Aplicação da creatina em exercícios de alta intensidade

É extremamente comum os praticantes de exercício físico buscarem por substancias/suplementos alimentares que prometem melhorar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *